This site uses cookies. Cookies are used to guide the user and web analytics and help to make this site better and more user friendly. See more: Privacy
OK

15.10.2013

Maior rendimento com a serra de fita de corte fino DSB Singlehead 660

Desde agosto a JOSAO, fabricante de esquis, snowboards e esquis cross-country em Guangzhou, China, utiliza uma serra de fita de corte fino DSB Singlehead 660 da WINTERSTEIGER no corte do cerne da madeira.


Até então eram empregadas serras de fita comuns, sendo a decisão pelas serras de fita de corte fino da WINTERSTEIGER justificada por John Missey, engenheiro de processos responsável, na seguinte frase: “Para nós, o fator decisivo foi a considerável economia de madeira. Com a máquina da WINTERSTEIGER obtemos de uma a duas folhas serradas a mais de nossos blocos padronizados, que em sua maioria são constituídos de um compósito laminado de álamo, bambu e ácer.”


Um ponto positivo adicional na decisão foi o de a WINTERSTEIGER ser bastante conhecida na área desportiva. Ao procurar uma solução de corte fino, John Missey se deparou com o nome WINTERSTEIGER, que ele conhecia graças à sua experiência de décadas com máquinas de serviços de esquis em Seattle, EUA.

A boa reputação das máquinas de serviços de esquis se confirmou: John Missey também atribuiu nota máxima às serras de fita de corte fino: “Até agora tudo funciona impecavelmente e prezamos muito o profissionalismo tanto no aconselhamento como na assistência técnica.” E por isso ele já pensa em ampliar a linha de produção.

 

A JOSAO pertence ao Jarden Group, uma empresa que faz parte da Fortune 500, com um faturamento em torno de 7 bilhões de dólares americanos. No ano de 2007 o grupo adquiriu o fabricante de artigos esportivos K2, para o qual a JOSAO em Guangzhou produz desde 1998 artigos esportivos de inverno para marcas como K2, Ride, e Morrow. Com 11.000 colaboradores, a JOSAO produz esquis alpinos, snowboards, esquis cross-country e botas de esqui. Os produtos em sua maior parte são exportados para a Europa e América do Norte, apenas aproximadamente 10% permanecendo na Ásia. Para 2013 está planejada a produção de aproximadamente 500.000 pares de esquis, 200.000 snowboards e 90.000 pares de esquis cross-country.