This site uses cookies. Cookies are used to guide the user and web analytics and help to make this site better and more user friendly. See more: Privacy
OK

WINTERSTEIGER
Uma empresa no topo da tecnologia

Tradição e progresso

Não é por acaso que a WINTERSTEIGER se assume como uma empresa de alta tecnologia. Isto tem a ver, entre outras coisas, com a precisão extraordinária que as nossas serras produzem atualmente em todo o mundo de forma inigualável.

 

As fitas de serra de alta qualidade da WINTERSTEIGER resultam de mais de quatro décadas de trabalho de desenvolvimento persistente. O fabrico artesanal tradicional de fitas de serra – dente a dente – foi substituído por um fabrico industrial cuja  ecnologia é inigualável no mundo inteiro.


Este longo período foi continuamente definido por uma conceção de desenvolvimento abrangente e integral que é, atualmente, o foco da WINTERSTEIGER. A oferta de máquinas e de serras por um só fornecedor é, até hoje, uma  característica única da WINTERSTEIGER no mercado e proporciona aos clientes uma grande vantagem em termos de qualidade. 


Desde 2004, a produção de serras faz parte do grupo WINTERSTEIGER – um operador a nível mundial. O edifício  peracional da WINTERSTEIGER Sägen GmbH adquirido em 2006 com um tamanho de 5000 m2 foi, em 2018, aumentado em 1800 m2 e, com as mais modernas instalações de produção, é mais do que um mero sinal externo desta elevada exigência.


A disponibilidade, a qualidade e a vida útil das ferramentas desempenham também um papel importante. O processamento otimizado das ferramentas é um fator de competitividade decisivo. A WINTERSTEIGER oferece aos seus clientes a garantia de disporem sempre de ferramentas fabricada

 

Matéria-prima

A qualidade do aço da fita tem um significado decisivo para a qualidade das fitas de serra. Uma vez que as propriedades dos materiais estão conforme as normas DIN e as suas tolerâncias estão definidas de modo muito geral, para a avaliação da  ualidade são ainda necessários outros critérios para além da análise detalhada do material.

 

A retidão, a lisura e a composição da superfície do aço da fita, assim como a precisão dimensional da espessura do aço da fita não devem apresentar quaisquer diferenças significativas na respetiva dimensão em todos os lotes de entrega de toneladas. Apenas o cumprimento de todos estes critérios permite o fabrico de uma lâmina de serra com uma precisão contínua na denteação, no afiar e no travar.


As fitas de serra da WINTERSTEIGER são produzidas em aço inoxidável de qualidade alemã com uma combinação ideal de dureza, robustez e flexibilidade. Os mais modernos processos de fabrico na denteação, no travar e no afiar garantem a mais elevada qualidade, um corte perfeito e uma vida útil prolongada para este tipo de serra.

Fabricação

Para a denteação do aço da fita para a lâmina de serra de fita são aplicadas duas técnicas: A mais frequente é a denteação através de estampagem. A segunda variante – qualitativamente melhor – é a retificação profunda.


Na nossa produção são utilizados os mais modernos sistemas de estampagem e retificação profunda. Na estampagem, a precisão do espaçamento dos dentes e do formato dos dentes depende, essencialmente, da precisão do avanço e da qualidade de afiação da ferramenta de denteação utilizada. Ambos os fatores são, portanto, submetidos a controlos permanentes pelos nossos colaboradores qualificados. O fabrico através da retificação profunda combina a denteação com a afiação final da lâmina de serra de fita. Através deste processo de fabrico, forma-se uma superfície afiada e, deste modo, senta de rebarbas.

Acabamento

Para o acabamento da serra, estão disponíveis diversas máquinas de soldar de diferentes dimensões. Como característica
de qualidade comum, todas as máquinas de soldar estão equipadas com aparelhos de regulação da temperatura para a medição e regulação automáticas da temperatura de têmpera. Com esta medida extremamente eficiente, são evitadas as consequências de temperaturas de têmpera incorretas, como fissuras no ponto de soldadura.


Os processos de trabalho anteriores ao acabamento, como o travamento ou a retificação, são realizados com uma multiplicidade dos mais modernos equipamentos totalmente automáticos.

 

O travamento de diversos dentes num único processo de trabalho acarreta não apenas vantagens significativas no avanço e, deste modo, no desempenho, como também aumenta a precisão de travamento, uma vez que a força de recuo ocorrida a travar um único dente é minimizada. 


Praticamente toda a produção – com a exceção de alguns produtos feitos à medida – é afiada com discos de Borazon. Para além do fabrico automatizado, isto acarreta a vantagem de uma precisão muito elevada, assim como de uma grande agudeza do dente afiado. A aspereza da superfície no processo de afiação habitual é, deste modo, reduzida em grande medida, os discos abrasivos de Borazon mantêm o seu perfil ao longo de um período de fabrico muito prolongado e o líquido de refrigeração que se encontra sob uma forte pressão impede queimaduras durante a retificação.

Finalmente, as lâminas de serra concluídas são embaladas em segurança, com cuidado e de forma ecológica.